Carta ao passado

Querido passado,

O que queres de mim? Quero  deixar-te para trás e viver feliz, mas me chamas e me fazes olhar para trás ao invés de olhar ao redor. Estragas meu futuro ao querer fazer parte dele e não apenas ficar no lugar que é seu por direito: no passado.
Fazes muito mal ao lembrar-me das desgraças feitas, embora estas desgraças me tornaram quem sou. Porém, algumas delas me dói ao lembrar-me, fazendo que uma lágrima invisível percorra meu rosto, enquanto engulo secamente a vontade de chorar, afinal, não irei mais chorar por ti, passado.
Agradeço-te por me tornares quem sou, mas entenda que meu futuro não depende de você, ao contrário, depende de que você vá embora. Fique no passado e não voltes mais. Não me dê dores de cabeças e desavenças por ti.
Já não me humilhaste o suficiente? Já não me degradaste e me definhaste a ponto de querer morrer? Ou queres brincar comigo? Fazer de mim uma marionete inconsciente e tola em suas mãos frias? Pois eu respondo não. Não quero isso.
Meu futuro me chama e me obriga a seguir sem olhar para trás. Meu futuro guarda minha felicidade, mas, para ser feliz, preciso deixar no passado aquilo que já me fez chorar. Então, fique aí! Seguirei em frente para o meu futuro sem medo de ser feliz e te deixarei no seu devido lugar, no passado, para que tanto eu quanto você aprendamos que, em certas coisas, melhor não se mexer e não brincar. Fique que eu irei.

Atenciosamente,

A pessoa que sonha em ser feliz.

Ana Luiza Pereira

1 comentários:

-Pedro A. Silva ' disse...

Adoreei, o blog é maravilhoso, seus textos me dão água na boca :)) Parabéns. Olha o meu é simples mais . . . www.k121.blogspot.com Beijos ;)

Postar um comentário

Comenta, por favor!