Desabafo sobre família

Não é porque eu não tomo partido de muitas coisas que vejo que isso significa que elas não me afetam, pelo o contrário, me entristeço com elas e vejo que um simples pedido de um coração carregado de amor de mãe, em seu leito de morte, é a cada dia mais desrespeitado e ignorado.

Posso ter pouco tempo de vida, menor ainda é o tempo da minha fé cristã. Contudo, a cada dia, tenho a convicção que Deus nos presenteia com duas famílias lindas: àquela que escolhemos, na qual está os amigos mais íntimos e os nossos companheiros para vida toda (nossos maridos (esposas), noivos(as) e filhos(as) que escolhemos ter com esse cônjuge), e àquela na qual nascemos.

Por mais imperfeita que seja uma família, seus problemas, suas preocupações, etc., ela é um presente de Deus. Deus te pôs nessa família por alguma razão, seja para que você seja luz para a mesma ou para que você aprenda com ela. Às vezes, estar em família significa perdoar, se "humilhar" e esquecer. Outras vezes, estar em família significa ser ombro e, em seu silêncio ou em suas poucas palavras, ser professor daquele que te procurou para chorar. 

Não importa para qual dos milhões propósitos seja, Deus te quer ali, naquela casa e Ele se entristece a cada vez que ver uma família se desfazer. Se o próprio Deus não valorizasse a família, seu Filho simplesmente desceria dos céus. Mas Ele fez questão que Jesus nascesse no seio de uma família e tivesse um lugar para chamar de lar. Sim, Ele ensinou muito mais a Maria e a José que eles ensinaram a Jesus, mas Jesus esteve em um lar. E, nas dores da cruz, Jesus nem por um segundo esquece da família que teve, entregando sua mãe para que o seu apóstolo João cuidasse. 

Perceba, então, que os valores cristãos vão além de ir à igreja e falar: "Eu creio", mas está em zelar sua casa, a família que você criou e a que te criaste, pois é no seio de um lar que nasce a igreja.

Não venho discutir com ninguém, não ligo se quiserem me deletar ou servirem de escárnio para com essa minha opinião. Mas peço que reflitam. E, quando rezardes, lembre-se de pedir a Deus cura para o seu coração que há muito o tempo já feriu.

Ana Luiza Pereira

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta, por favor!