Retorne...

Dias passam, horas, minutos e segundos. E a cada instante, a cada respirar, meu coração aperta mais e mais. Vivo a pensar no retorno de quem amo e do meu sorriso, da minha maior inspiração. Porém, enquanto não volta, meu coração aperta e meus olhos se enchem d'água. Não sei bem o que fazer, me sinto presa num tempo remoto, no qual, nunca aprendi a viver. Vejo cinza e embaçado, pois minhas lágrimas a todo instante estão comigo. Minha esperança se esvai com a minha fome e a minha sede. A tristeza aparece súbita como num sono da Bela Adormecida. Quero você... Volte! Não quero ter que adormecer para conseguir suportar a espera do retorno do seu beijo.

Ana Luiza Pereira

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta, por favor!