Aviso do além

Se eu fosse escrever uma mensagem de Natal para os meus parentes, seria: "Esqueça o passado, vida o presente e não se apegue a presente, apenas àqueles que estão ao seu lado".

Infelizmente, não me foi necessário a visita de três espíritos natalinos para que eu aprendesse a lição. Pelo o contrário, me foi necessário a perda de tudo o que tive: meus bens, meus parente e, inclusive, meu corpo e minha alma.

Você já deve imaginar que eu era egoísta, mas eu não era tanto assim. Na verdade, meu maior mal não era o egocentrismo e a avareza, mas foi ter deixado que a perda me afetasse tanto profissionalmente quanto como pai. Criei uma barreira imensa entre mim e meus filhos e não os vi crescer porque chorava pela perda de sua mãe. Eu era tão apegado a tudo que a lembrava que, quando perdi tudo, eu me perdi.

Me achei nas bebidas e me tornei violento. Batia nos meus filhos sem razão todos os dias. Fui, aos poucos, me afundando e me perdendo.

Só quando perdi meu corpo e minha alma descobri que o sentido que eu buscava para minha vida sempre esteve ao meu lado e eram meus filhos. Foi numa noite de Natal, estava com a pinga na mão e nada nos braços para dar aos meus filhos. Provavelmente, bateria neles como o presente de todos os dias. Estava atravessando a rua quando uma luz branca e forte me abateu. Um motorista bêbado avançou o sinal e me atropelou, nós dois morremos. É engraçado pensar que um bêbado matou o outro na sua imprudência.

Sei que, se por um milagre natalino, voltasse renovado, meus filhos me receberiam com um sorriso, mas não foi isso que aconteceu... Foi um funeral com todos tristes, não pela minha morte, mas porque me perdi no mundo do álcool.

Não posso mais avisá-los a não fazer o mesmo que eu fiz, e sei que meus filhos mão fariam, mas, a quem ouvir meu sussurro de não sei de onde, não cometa os mesmos erros. Família não se resume a quem foi, mas a quem ficou e te ama. Aproveite cada momento com eles! E tenha boas festas!

Ana Luiza Pereira

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta, por favor!