Sendo um livro aberto

Sempre tive problemas de autoestima e confiança após uma grande perda que tive em minha vida. Sou confiável e fácil de se ter uma amizade, mas nunca confiava 100% em alguém por medo. Por uma reviravolta imensa que não sei explicar direito como começou, meu coração foi cicatrizando todas as grandes perdas que obtive na vida, mas ainda me desanimava facilmente. 

Tentei, por si só, enfrentar as minhas dificuldades de modificar os meus erros, afinal, minha meta na minha vida nunca foi ter carro, dinheiro, ou ser uma estrela, mas alcançar sempre o melhor de mim. É sempre difícil fazer isso meio às cegas, afinal, nunca fui muito de ouvir os outros. 

Em meio as minhas grandes mudanças, ele apareceu como num conto de fadas. Não digo que ele é um príncipe encantado, afinal, não acredito mais nisso, mas ele é sim um grande e ótimo companheiro. Por mais que eu fosse desanimada e tivesse minhas tentativas errôneas de melhorar, ele gostou de mim. Seu jeito animado me conquistou e, conquistada, me deixei levar pela paixão. 

Antes de sermos namorados, viramos amigos e, já como amigos, ele já me norteava para o certo (coisa que outros amigos tentavam, mas minha cabeça dura não aceitava). Digamos que o meu amor por ele (mas, acho que principalmente, o amor dele por mim e a sua paciência comigo) me tornou mais maleável do que eu era, aceito bem mais coisas do que antes, embora continue engolindo muito sapo a seco. Ainda erro, sou humana, ainda estou às cegas quanto certas coisas, mas ele continua me norteando. 

Falar disso tão abertamente, por mais que seja indiretamente, me gera um certo estranhamento. Posso ser um livro aberto, mas não a todos. A verdade é que esse post é direcionado para você, Victor, e tudo de bom que tem acontecido comigo desde que você apareceu. Obrigada, do fundo do meu coração, por tudo! Me desculpe minhas lágrimas, por mais que você, até agora na webcam, não tenha tido ciência delas, mas elas são do fundo do meu coração que grita de amores por você a cada segundo. Eu te amo e, farei de tudo sempre, para ser o meu melhor para nós dois e, assim, sermos felizes sempre enquanto estivermos juntos. Eu simplesmente não canso de te amar...

Ana Luiza Pereira

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta, por favor!