Meu conto imaginado

A princesa não usa sapatos de cristal e o príncipe não é encantado. São apenas sonhos imaginados em uma mente fértil cansada da realidade. Tenho meu sapo, meu companheiro e um sorriso, o conto de fadas são meus olhos de uma eterna criança que escrevem, compõe e recompõe.Meu príncipe não virou sapo, mas sinto que ogra virei. Posso não saber de muitas coisas, mas na minha santa ignorância só a impulsão dos meus atos impensados mantém meu grosseiro jeito de ser e não ser. Toda menina sonha em ser princesa e faz de tudo para ser uma "princesinha moderna", não fujo muito dessa realidade. Talvez ser princesa não seja meu destino e ser ogra não é tão ruim, não tenho muita certeza. Apenas componho um conto de fadas na minha mente e no meu coração que sonham. Não sei bem onde isso vai me levar, mas vou levando, sonhando, vivendo até que meu sapo não seja mais integrante do meu conto imaginado.

Ana Luiza Pereira

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta, por favor!