Pena dos estrangeiros nas minhas terras...

Tenho muita pena do Victor por ter escolhido uma namorada que mora tão longe como eu.

Primeiro: as lindas condições de vinda da Super Via.
- Maquinista que não sabe o caminho.
- Pessoas estranhas em trens.
- Vagões sem ar/mapas.
etc.
Segundo: A vista da Rua Campo Grande não melhora nada para quem vem para cá pela primeira vez, principalmente acompanhado de 25 pessoas que não conhecem Campo Grande e não sabem que rua é essa! 
Terceiro: Calor dos infernos com sol escaldante e a sensação térmica acima de 40º desafiando toda e qualquer lei da física.
Quarto: Meus pais reagiram super bem, até se preocuparam com ele, mas querido irmão fazendo cara de mau para tentar assustá-lo... sem comentários.
Quinto: West Shopping, sem mais. (Ao menos o milagre do ar do West Shopping estar funcionando aconteceu!!!!! \o/)
Sexto: O filme que o meu querido namorado me obrigou a ver... Por ser do gênero de terror, saiu do cinema todo marcado de unhas por causa dos meus sustos.
Sétimo: Pessoas estranhas de Campo Grande que metem o cacete no coleguinha que assusta ela no meio do filme de terror! (sério! essa cena foi hilária!!!)
Oitavo: A volta para casa... Sem trem e não sei como ele conseguiu achar o ônibus de volta, mas ok...

Porém, a verdade seja dita: vir à Campo Grande é sempre uma grande aventura! Histórias (algumas hilárias, outras bizarras e outras tristes) sempre hão de acontecer em qualquer viagem de vinda para cá. É a terra mais bizarra que eu conheço (por enquanto)! De qualquer maneira, espero que Deus te guarde na viagem de volta para casa, amor!

Ana Luiza Pereira

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta, por favor!