Carta ao meu player 1

                        Victor,

            Não sei por que escrevo uma carta, afinal, está tudo muito rápido (como a batida do meu coração). Desculpe os garranchos, está de noite e eu sei que a minha letra não é lá essas coisas. Eu sei que você gosta da minha letra (assim como eu inteira), por isso recomendo procurar a ajuda de um psicólogo, pois seus problemas mentais estão indo para o estágio avançado.
            Na verdade, esta é uma carta de desculpas. Sei que sou chata (e com o tempo piora), mas essa sou eu, “a reclamona” – como você diz. Eu me sinto péssima quando você “me põe de castigo”, fico pensando: Meu Deus! O que eu fiz de errado? Não quero que ele fique mal comigo... =( Embora eu saiba que, ao final do dia, estará tudo bem.
            Sério, eu tento dar o melhor de mim e ser o melhor de mim. Porém, eu simplesmente não consigo. Nunca acho que é bom o suficiente (seja para você, meus amigos, minha família e o resto).
            Então, peço, por favor; me contagie! Me contagie com tudo de bom que você é e tem: sua força, sua tranquilidade, seu carisma... Apenas me transforme no melhor que sei que posso ser do seu lado.
            E, por mais que você não me entenda as vezes, saiba que é só necessário para você saber que eu te amo e prometo estar do seu lado, afinal, é o mínimo que eu poderia fazer por alguém que me faz sentir completa.

Obrigada por me fazer tão feliz!

Ana Luiza Pereira

(sua player 2)

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta, por favor!