Relicário


Tudo eu observo
e com muito amor guardo:
sorrisos e lágrimas,
amores e desavenças,
cartas e emoções,
palavras e sensações,
fé e descrenças,
paixões e lástimas...
Enfim,
Não há palavras o suficiente
para descrever o que eu guardo
num sorriso,
numa lágrima,
num olhar.
Minha mão perto do meu coração,
guarda no meu singelo relicário
lembranças que nunca hei de esquecer.
Uma música,
um lugar,
um cheiro...
Se é você que esteve comigo,
que me fez sorrir ou gargalhar,
que coloriu os meus dias e noites com seu abraço,
saiba que:
no meu relicário você está,
guardado entre os Elísios de minhas memórias
de criança, menina ou agora.
Apenas o mais singelo e puro amor
pode entrar pela fechadura de um relicário.

Ana Luiza Pereira

4 comentários:

Anônimo disse...

Amo você

Anônimo disse...

Quem é o sortudo?

Anônimo disse...

Eu \o/

Anônimo disse...

Anjo, quando escrevi esse primeiro comentário anônimo já estávamos juntos, mas eu ainda sentia vergonha de admitir o que eu sinto atualmente. Agora, já sabe que o que sinto e não preciso mais me esconder pelo anonimato :) Diferente do primeiro, irei assinar esse. Amo você, Anjo!
~Hideki

Postar um comentário

Comenta, por favor!