Crise

Eu não estou na minha melhor fase, admito...
Eu tenho perdido minha identidade para uma face mandona e controladora.
Desculpe se fui assim com você.
Mas o que vejo ao meu redor é tudo que mais amei fugindo do meu controle...
Vou-me deitar com gritos das brigas de um passado que se torna presente no mesmo evento.
Vou-me deitar chorando por temer perder todas as pessoas que eu me importo e que importam comigo.
Não sei mais o que faço, só sei o que fiz: tenho sido controladora...
Então, me reclusei para o nada, para apenas me debulhar em lágrimas e não me meter mais onde não sou chamada.
Desculpe-me se fui assim com você, mas entenda que luto a cada dia com meus próprios pesadelos.

Ana Luiza Pereira

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta, por favor!