Trezentos sessenta e cinco tentações

Trezentos sessenta e cinco dias ao ano, milhares de pecados que fazemos. Sempre ouvimos falar nas Escrituras que chegará o dia em que Deus separará o joio do trigo, o bom do ruim.

Como podemos dizer quem é verdadeiramente bom ou mau? É hipocrisia nós, humanos, tentar nos dividir assim. Todos somos inclinados ao pecado desde o dia de nosso nascimento.

Se acreditas que tudo é questão de escolha, então faça a sua; ser joio ou trigo? Contudo, "Antes que te formasse do ventre de sua mãe te conheci, e antes que saísse da madre, te santifiquei; às nações te dei por profeta." (Jr 1,5) Só Deus nos conhece nus e crus e é apenas Ele que nos consagra com seu amor. Podemos apodrecer a olhos humanos, mas Deus nunca nos esquece. É o Pai que dá a redenção que precisamos, pois eles conhece nossas falhas. Queremos ser joio? Seja do mundo e faça dos 365 dias tentações e manchas enormes em sua alma. Quer ser trigo? Sofra professando a fé que crês, Ele te dará a merecida recompensa. Afinal, como dizem os ateus: a vida é apenas uma questão da sua escolha...

Ana Luiza Pereira


0 comentários:

Postar um comentário

Comenta, por favor!