Devaneio curioso

Num devaneio curioso,
me pego pensando em você.
Lembro de todas as falas e sentimentos...
Quanto tempo se passou?
O tique-taque do relógio já não conta mais,
O tempo não existe nas marcas do seu sorriso,
Porém, nos castiga quando não nos falamos.
O tique-taque só incomoda quando ainda espero...
Mas a esperança não morre nos corações solitários e aventureiros.
Você me diz palavras
E eu vejo seus olhos.
Você fala de tudo
E eu ouço música.
Chega a ser engraçado;
quando você me acalma, meu coração estremece;
quando você tenta me fazer rir, eu me aborreço;
quando você me irrita, eu rio...
É complexo... (para algumas pessoas)
Mas muitas já descobriram esse enigma de 4 letras.
Para os que ainda não entenderam, acorde desse devaneio curioso,
Viva a sua vida, pois tais 4 letras estão bem mais perto que se imagina...

Ana Luiza Pereira

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta, por favor!