E a família de Deus, como vai? (Escrito por Walquiria Genta Pereira)

É tão lindo e profundo quando lemos em algum documento da Igreja ou ouvimos em alguma palestra o tema: “Família - Dom de Deus, compromisso e serviço à humanidade”. Isso que me faz pensar: E a família como vai?
Vejo tantas famílias falidas, se acabando: falta estrutura, falta de amor... Falta amor entre os esposos, falta amor dos filhos... Pergunto: será que a modernidade está matando aos poucos o verdadeiro amor?
Não precisamos ir muito longe; dentro de nossas famílias mesmo acontece isso. Casamentos desfeitos e olha que em Gênesis 2, 23-24 está escrito: "Desta vez, é osso dos meus ossos e carne da minha carne! Esta será chamada mulher porque foi tirada do homem. Eis porque o homem deixa seu pai e sua mãe e se une à sua mulher e eles se tornam uma só carne".
Sem falar das pessoas que entram para as nossas famílias mas não aceitam a mesma; essas vem cheia de falsidade, se dizendo da família, tentando ou até mesmo conseguindo abalar a harmonia e deixando aflorar o rancor...
Os filhos, quando adolescentes, estão cheios de revolta e, quando adultos, os pais já eram... Os pais já não fazem mais parte de suas vidas.
Que tristeza!
O que fazer? Sinceramente, não sei...
A Igreja tem tentado reverter isso, mas ainda é muito pouco. Somos tímidos, como católicos, e fazemos pouco ou quase nada neste serviço. Cadê a pastoral da família? Desaprendemos a viver em comunidade, hoje somos individualistas.
Termino essa minha reflexão, citando o refrão de um cântico, que gosto muito: “E a família como vai? / Meu irmão venha e responda / Quem pergunta é o Pai / A verdade não esconda".

Walquiria Genta Pereira

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta, por favor!