Minha nova decisão

Engraçado como o balançar de uma rede pode clarear suas ideias. Até ontem, eu estava completamente perdida; qual caminho seguir? Estava só caindo e, por um minuto, pensei em esperar chegar o fundo do poço, meu velho amigo.

Porém, a luz do fim do túnel veio com o sopro do vento de uma decisão para minha nova vida; está na hora de mudar. Está na hora de mostrar ao mundo meu valor, o que sou capaz e os meus pensamentos. Está na hora de crescer, mudar, falar e aparecer. O silêncio é amigo, mas cansei de deixar as coisas como estão.

O tic tac do meu relógio de pulso marcam o tempo que fiquei olhando pro chão; foi tempo demais! Se eu olhar o meu reflexo ao espelho verei que o tempo mudou meu corpo, mas não mudava meu pensamento. Minha sensatez não me deixava fazer certas coisas por medo da decepção, mas minha loucura sempre foi de não aceitar minha idade e o meu silêncio.

Já decidi. Vou olhar pra frente, encarar meus inimigos, meus amigos, minha família e falar quando incomodada. Vou aceitar minhas futuras responsabilidades, minhas antigas também e vou calar a boca de TODOS que falavam de mim. Decidi. E, quando abrir os olhos e por meus pés no chão, esse sonho será minha realidade.

Ana Luiza Pereira

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta, por favor!