Intercedei por nós que recorremos a vós!

A base de qualquer pensamento humano para buscar qualquer religião é, não só a busca das respostas às perguntas filosóficas, mas o conforto. Qualquer denominação religiosa tenta dar o conforto necessário aos seus praticantes, prendendo assim, eles àquela religião.

Deixo bem claro a quem se aproxima de mim que sigo sim a religião católica, embora conteste algumas regras de sua doutrina, e também gosto de aprender sobre outras mais. Contudo, não gosto quando ouço sobre nossa "adoração" a santos ou pessoas religiosas. Adorar é somente a Deus, tenha a certeza que a pessoa (católica) que disse isso não sabe o seu significado ou usa como forma de eufemismo. Todavia, nós católicos temos devoção aos santos, pois acreditamos que eles são nossos intercessores junto ao Pai, Filho e Espírito Santo como Trindade.

Quando pedimos algo aos santos, pedimos como forma de ajuda. Ao agradecermos, agradecemos pela intercessão concedida deles junto a Deus e agradecemos a Deus pela graça. Portanto, outras pessoas podem não entender tal pensamento católico por não saberem de tais fatos apresentados.

Porém, intercessão não é somente dadas pelas mãos dos santos, mas também pelas mãos dos amigos (sejam eles de qualquer denominação religiosa). Todos aqueles que rezam por ti como intenção junto a Deus, são também considerados nossos intercessores, por mais que não saibamos. Porque, como dizia São Paulo em sua carta aos Colossenses; "Suportai-vos uns aos outros e perdoai-vos mutuamente." (Cl 3, 13). E não. Muita gente erra ao ler esse trecho e pensar que suportar é na denotação de "aguentar, tolerar", mas, na verdade, é na denotação de "dar suporte", ser amigo apesar das diferenças e interceder por esta pessoa (por mais que você tenha desavenças) junto a Deus, para que Ele ilumine seus caminhos.

Portanto, caros amigos e irmãos, intercedei por aqueles recorrer a vós e por aqueles que também não recorreram. Somos convidados a ser Santos e sermos amigos, irmãos e intercessores do próximo e isso só nos aproxima mais de Deus Pai.

Ana Luiza Pereira

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta, por favor!