Menina na janela


Tão dócil! A menina da janela está mais uma vez a observar... Parece que nada acontece com ela, pois todos os dias ela se posicionava diante da sua janela com olhos atentos e observava a quem passava. Sabia um pouco de cada pessoa de tanto observar, mas ninguém sabia nada sobre ela. Menina da janela, menina da janela... Quem ela era? A verdade, a verdade vos digo: ela era apenas uma figura efêmera que ninguém se importou. Mas um dia ela há de sair da sua janela e seu exílio e um outro alguém na janela vai começar admirá-la como ela admirava as pessoas.

Ana Luiza Pereira

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta, por favor!