Monstro de pedra


Hoje sonhei com um monstro de pedra que me fitava com maus olhos. Acordei no susto dos olhos dourados do gigante olhando fixamente a minha alma e comecei a pensar. Temos, de fato, bestas interiores, nas quais, a luta contra elas se torna infinita e até cansativa. Mas por que sonhei com um titã? Então, parei, olhei para mim mesma e cheguei a conclusão que certos medos meus estão tão solidificados e magnânimos que apenas a ideia ou o nome deles me faz tremer na base. Olhar em seus olhos, por mais frios, com brilhos malévolos ou horripilantes que sejam é a única saída de enfraquecê-los. Porém, cadê a Dona Coragem para apertar minha mão agora?

Ana Luiza Pereira

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta, por favor!