O efeito contrário

O homem precisa aprender a viver na comunidade quando, no fundo, obedece a voz do egoísmo. Em homens assim, o comunismo ideal não seria algo real, nem mesmo numa comunidade cristã. Alguns homens não abdicam de certos erros comuns em sua natureza pelo simples ato de mudar e querer viver no comum. Homens "comuns" pensam que viver em comum gera fofoca, o que é algo que gera conflito (outra necessidade do ser humano) e, fatalmente, gera a desunião. Se Gibbs está certo em dizer que tudo tende ao caos, eu não sei afirmar; porém tudo tende sim ao efeito contrário do imaginado.

Ana Luiza Pereira

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta, por favor!