Solidão (Escrito por Antonio Machado Neto)


A solidão me traz pensamentos que me tornam indiferente a tudo que está ao meu redor.

Tenho meus pensamentos fragmentados por emoções que não sinto mais, tenho a minha mente devastada por algo que é inexplicável. Tudo que está ao meu redor me faz delirar, tudo que está ao meu redor não me faz pensar, tudo que está ao meu redor me faz querer morrer. Sou algo incompreendido e relativamente triste.

Nunca mais direi nada apenas para te ver sorrir, mesmo que isso me leve ao fundo do poço. Jamais irei te ver sorrir novamente, pois toda vez que você sorri, lágrimas são derramadas. Você é algo do meu passado que eu quero esquecer. Tudo que eu já vi antes já passou... Tudo que você sempre quis foi alguém que cuidasse de você e, agora que estou longe, não terá mais ninguém.

O que você fez? Sua solidão me contaminou, agora não quero mais viver sabendo que estou sozinho. Tudo que você sempre quis foi alguém que cuidasse de você; esse alguém já não vive mais, esse alguém já te esqueceu, mesmo que esse alguém sonhe com você todas as noites. Afinal, solidão é não te ter por perto.

Antonio Machado Neto

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta, por favor!