Demonstrações de amor

Ela reclama do jeito que eu olho, mas ama meus olhos.
Ela me bate, mas ama meu jeito de ser.
Ela me xinga, mas sei que sou o amorzinho dela.
Ela reclama quando eu a abraço, mas ama sentir meu cheiro.
Ela odeia quando eu brinco, mas sei que por dentro está rindo.
Ela não gosta quando eu a mordo, mas ama meus beijos...
Não importa os porquês de tudo que ela faça, no final do dia, eu sei que ela sempre dirá "eu te amo" ao pé do meu ouvido. Não duvido dela, pois seus olhos não escondem sua felicidade e sua ternura quando me olham. Por mais que ela reclame, é o seu jeito de demonstrar amor, um amor infinito atrás de pequenos gestos que, no fundo, ninguém sabe os porquês, exceto eu.

Ana Luiza Pereira

1 comentários:

Adriani Carneiro disse...

Lindo,expressivo e realista.Amei,o texto.E ainda me dizes que perdestes a prática...não vi nada disso!!!

Postar um comentário

Comenta, por favor!