Ele vs. Ela (VI)


Ele: Psiu! Todas as suas fotos são lindas, sabia?
Ela: Até aquelas que eu to fazendo careta ou dançando algo antigo e constrangedor? Aham... E Papai Noel existe!
Ele: Existe sim! Um dia, eu pedi um anjo da guarda, hoje eu tenho você!

Ana Luiza Pereira
em parceria com um Anônimo

Alguns pensamentos


Aquele momento que a espera que parece ser inesgotável...

Um rockeiro tem sua vida ditada pelo rock, ele se encontra em meio aqueles solos psicodélicos e letras "malucas".

Inacreditável é a capacidade da dúvida em uma pessoa...

Contenha-se; seus monstros, suas fomas, seus desejos... Contenha-se. Uma hora você poderá mostrar tudo sem que reclamem.

Queria que tudo fosse diferente, mas nem sempre é do jeito que queremos mas do jeito que precisamos para sermos fortes.

Eu vivo reclamando da vida, fiz twitter, tumblr, facebook, orkut (...) e não mudou porra nenhuma.

Um fato: Todo mundo é bonito depois de uma boa sessão de photoshop.

Se for pra cuidar de alguém, que seja você.

Se as pessoas se importassem, o "tudo bem?" viria com menos curiosidade e mais preocupação.

O destino é uma criança que prega peças e o coração é a criança que sempre cai nelas e chora depois.

Peças, peças, peças... CANSEI dessas peças da vida!

Uma coisa chamada preguiça me persegue... E o amigo dela, o sono, adora ficar na minha cabeça, sabe?

Sabe aquela criança que se esconde por medo de sofrer? Embora o medo de amar a confronte, ela o ama muito mais do que pensa.

Alguém explica a esses meninos a diferença de ser "bonita" e ESTAR "bonita"? Obrigada.

Ainda choro quando você pronuncia o nome dela ao invés do meu antes de dormir...

As três verdades do (meu) mundo: eu te amo, não consigo te esquecer, to seguindo em frente.

Se tudo fosse um sonho, com certeza você estaria nele.

O 'talvez', 'e se' e o 'poder ser' são muito vagos para o futuro que eu realmente quero...

Viver bem é saber aproveitar o que cada momento nos ensina e ter a paciência que tudo dará certo.

Amor é falta de QI.

Viva às lágrimas quando o sorriso não puder mais disfarçar mais porra nenhuma!

Sim, não acerto por querer, mas erro sem saber.

Se a vida fosse um talher, seria a faca. Porque ela sempre nos corta com seus altos e baixos de seus gumes.

Ninguém morre por tentar algo em que acredita ser certo.

Tosco é a falsidade de não se admitir profano diante ao mundo que testa sua santidade.

Sofrer de amor é como sofrer infarte: coração dói, a respiração é pesada, você pensa que tudo vai acabar, mas a vida continua... sempre.

O maior inimigo de uma pessoa é sempre ela mesma.

E quando não vermos mais a luz? Por mais que nos estendam a mão? A verdade é que nem sempre conseguimos enxergar a esperança quando nós mesmos a perdemos.

A verdade é que eu não sei mais se devo acreditar no amanhã.

A magia de alguma coisa nunca acaba para aqueles que acreditam ainda nela.

Hoje eu estou um pouco sem palavras, apenas imagens e fatos.

Lute pelo se quer e logo você terá o que merece.

Distância nunca foi um empecílio ao amor verdadeiro.

E mesmo com o sol, ainda estou tremendo de frio. Seria medo? Ou será que é a solidão a me abraçar e dizer que ainda é minha amiga?

O bom e o foda das mulheres é que toda a hora é hora de ironia.

"Ninguém é perfeito. Todos tem seus defeitos." Mas você me mostrou que és perfeito quando me deixou me apaixonar até pelos seus erros.

Por que diante da morte é que nós nos desesperamos por não ter aproveitado a vida?

Seria tão bom poder “desligar” os sentimentos! Assim, eu não amaria você, muito menos, sofreria por ver-te com outra.

Uma coisa que aprendi a dar valor com a vida: as verdadeiras amizades vem em primeiro lugar.

Tudo me aflige, tudo me abala... Posso saber meu nome mas não sei a pessoa que há por trás dele!

Pessoas podem ver um rosto e um sorriso, mas não podem ver as complexidades da minha alma.

Seria bem mais feliz se eu acordasse e visse a aliança nos nossos dedos, sentisse seu cheiro e abraçasse seu pescoço tds os dias. 

À todos que me chamam de louca: meu muito obrigada. Pois os nomes mais importantes da história da humanidade também já foram chamados de loucos um dia.

O que é melhor? Proteger quem se ama escondendo as verdades ou proteger-se vivendo entre mentiras?

Pessoas não são falsas, elas apenas preferem suas máscaras que seu caráter.

Aiai... Dor, será que algum dia você vai embora?

Serei uma caçadora de estrelas. Irei até um infinito encontrar alguma que tenha o mesmo brilho do sorriso que me encantou. 

Se eu fosse um anjo, seria aquele que dá a vida, pois não há sentido na vida sem aqueles que me apoiam.

Cada um tem sua forma de ser feliz. E daí que a minha seja exaltando as tristezas da vida? Precisamos passar pelas tristezas para conhecermos a alegria.

Todas as frases acima são de autoria de 
Ana Luiza Pereira

Ele vs. Ela (V)


Ele: Eu te amo!
Ela: Eu te amo mais!
Ele: Não começa a querer discutir isso comigo porque eu vou ganhar e vou te deixar triste, não quero isso...
Ela: Por que você me amaria mais? Sou feia, chata, irritante...
Ele: Vários motivos: se você se machucar quem chora sou eu, você é a unica pessoa que me faz engolir o orgulho;  é a pessoa que com uma simples mudança no tom de voz faz eu me transformar de anjo a capeta e é a pessoa que com o simples fato de veiver me faz sorrir... Por isso eu digo; eu te amo mais! Você é linda e perfeita para mim!


Ana Luiza Pereira
em parceria com um Anônimo 

Paranoia, medo e ciúmes


          Às vezes, esquento a cabeça muito fácil. Normal para uma mulher, principalmente quando se está no ciclo menstrual. Porém, não é o ciclo que me vem esquentado a cabeça, mas o medo.
                Eu já passei por poucas e boas, já presenciei muitas coisas e senti outras que pessoas da minha idade nunca ouviram dizer. Já estive a beira da linha tênue da vida e morte, sanidade e loucura. Muitos não aguentariam e eu mesma me pergunto como aguentei.
                Uma coisa eu garanto; nada, mas NADA supera minha paranoia, meu ciúme e meu medo mascarado de perder quem eu amo. Vivi numa família protecionista, fui e sou protegida como um tesouro raro, isso ajuda nessa paranoia, em não deixar ir e querer proteger sempre. Mas, não se pode ser assim... A vida não é como se quer, mas como se pode ter.  
Amor é ser livre... Mas também é lutar pelo o que se sente. Como lutar com medo e paranoia vencendo? Perdi muitas pessoas por deixar esse medo vencer. Às vezes dá saudade do que eu vivi com elas e me arrependo por não ter lutado mais.
É por isso que eu falo para você, leitor; não sejais como eu. Lute, persista! Não deixe de modo algum este medo, paranoia ou os ciúmes vencer esta luta! Não se arrependa mais tarde por isso...

Ana Luiza Pereira

O primeiro pôr-do-sol


                Uma tarde de sol, a praia estava com cheiro de maresia, mas isso não importava para o novo casal que estava na rede, abraçados. Ela, ouvindo o coração dele, sentindo seu cheiro, abraçando-o bem forte para que nenhum pesadelo a atormentasse em seus sonhos. Ele era seu protetor e, acima de tudo, seu amigo. Ele sorria pelo simples fato dela existir e de poder estar do lado dela.
                Os dois eram assim: eternas crianças. Amigos e companheiros um do outro, não importava a situação, antes de tudo eles eram “irmãos”.
                Ele podia não gostar de praia, mas estava ali por ela. E ela estava extremamente feliz por isso. Ela viu que não estava só, ele estaria sempre ao seu lado, quando mais precisasse ou menos...
                 Uma luz o cegou quando bateu em seus óculos de grau quando tentava procurar seu relógio na mesinha perto. Era a luz do sol... Ele vê rapidamente que horas eram; cinco e meia da tarde, hora do crepúsculo.
                - Acorda! Por favor, acorda linda! – dizia ele balançando lentamente o braço dela.
                - Oi... – dizia ela  grogue, mas com um sorriso no rosto, ela adorava quando ele a chamava de linda, por mais que reclamasse.
                Ele a levanta e os dois sentam na rede.
                - Olha! – ele diz apontando o horizonte.
                - Eu não vejo um pôr-do-sol assim desde criança... – diz ela maravilhada.
                Ele a olha e sorri, ela procura seus olhos e também sorri. Ele dá um beijo na testa dela e ela o abraça e pergunta:
                - Bebê,  promete que todo o pôr-do-sol que vermos será assim?
                - Não. – diz ele sério.
                Ela o olha fazendo bico e ele sussurra em seu ouvido:
                - Prometo que veremos todos os dias o pôr-do-sol e a cada dia, será sempre melhor que o outro...
                 Ela esconde a cara envergonhada num abraço forte sussurrando um “eu te amo” para ele e ele fazia o mesmo com um sorriso nos lábios. Os pombinhos ficaram lá, admirando o pôr-do-sol, o primeiro de muitos que viram, e quando o sol se escondia, os dois cantavam, pois sabiam que amanhã tinha um novo sol para nascer e aquecer o amor deles dois.

Ana Luiza Pereira

Amor e medo


Confesso que já me perguntei mais de mil vezes se o que eu sinto é amor de fato, mas, se não fosse, talvez não haveriam os planos, os ciúmes, a implicância e alegria de cada mensagem que recebo. O medo sempre vai existir, e eu sempre vou me abalar com ele, mas nos seus braços, nada importa, apenas eu e você, nosso amor vence esse medo que só a saudade e um pouco dessa 'distância' nos impõe...

Ana Luiza Pereira e Caroline dos Santos Cantilho

Palavras e o coração

Hoje eu acordei um pouco mais esperançosa. Não sei porque, mas meu coração esteve inquieto, ao mesmo tempo vazio. Palavras precisam ser ditas, mas quais delas? Perguntas precisam ser feitas, mas sei que muitas delas não teriam uma resposta simples.

Sem as palavras, não teríamos nomes. Mas ainda assim, teríamos sentimentos. Temos dado os nomes certos àquilo que sentimos? Muitas perguntas, poucas respostas. Mas uma se sobressai: indecisão. A culpa é dessa indecisão maldita? 

Não compreendemos o coração porque não há palavras exatas a ele. É sempre um misto. Misto de angústia, dor, amor, culpa, agonia... As pessoas se esquecem que para ouvir seu coração não é necessário palavras para descrever, apenas o silêncio para compreender. Ou ele bate, ou não bate. E, quando bater forte e alto, tenha certeza, para os outros aquilo não é certo, mas para você é o que te fará feliz.

É tão simples seguir o coração! Mas a racionalidade as vezes manda esquecer para não doer e sofrer mais. Portanto, fica a pergunta: entre cicatrizes, dores e histórias para contar ou medo, arrependimento e tristeza, qual que você prefere?

Ana Luiza Pereira

Ciclo


Sabe aqueles dias felizes que do nada dão errado? Então. Hoje é um daqueles. Não espero mais nada de ninguém, muito menos de mim. Não espero ser feliz, ficar com alguém, não espero o amor, confiança. Mas ainda assim, eu sou eu mesma, ainda assim, algo me faz seguir em frente.

Sabe o que eu mais odeio em mim? TUDO. Meu coração bondoso, a parte provocante, quando eu consigo inexplicavelmente compreender e aceitar (quase) tudo, como eu sou amiga, companheira, a minha parte louca, inconsequente, a parte que sabe o que quer mas se cala por algum motivo... Não importa quais das minhas "eu"; odeio todas elas.

"Você é incrível, especial... Diferente das outras." Não vejo essa diferença no meu dia-a-dia. Na verdade, só comprova o quanto SOU BURRA e caio de amores. "Ele não te merece. Se fez sofrer é porque não é o melhor para você." Não sou de esperar o melhor para mim, sou de lutar pelo o que eu sinto. Mas a consequência é sempre o sofrimento.

Querem uma verdade? Cansei. Cansei da vida, da minha loucura, cansei de ser eu mesma... Simplesmente cansei de TUDO. Quero ser independente, me libertar dessas amarras de sofrimento. Não quero mais arrancar palavras exatas que não conseguem ser ditas pelas pessoas que amo. É HORRÍVEL. Simples pesadelos sendo minha realidade... Até quando? Minhas lágrimas rolam, sei que vou seguir em frente, até me apaixonar e cair novamente.
Ana Luiza Pereira

Saudade de uma amiga...

 É, estou nostálgica hoje, virei e revirei minhas fotos o dia inteiro, me fazendo lembrar de cada história e passei e cada pessoa que conheci. Deu muita saudade! As loucuras, as conversas, os sonhos... tudo que um dia tive o tempo levou, mas será que se apagou? Não sei... Lembro-me claramente daquela segunda sem aula que usamos para tirar uma sessão de fotos no final do nosso último ano juntas... Deu saudade... MUITA! O que eu quero dizer é que eu sinto falta, das conversas, brigas, tapas e, principalmente, dos risos. Eu sinto sua falta, amiga... Espero que você não se esqueça de mim.

Ana Luiza Pereira

Lembranças


Não sei o que escrever aqui, não ao certo. Digo aqui que perdi as esperanças uma, duas vezes… E sei que perderei mais. Mas deixemos a racionalidade de lado, o coração é que vale e falo com ele quando digo: nunca hei de esquecer nada, bom ou ruim, das pessoas que amei. Elas podem ser o que for durante todas as suas vidas, mas continuarão especiais para mim… Não me julgues, estais sendo hipócrita. Ou vais dizer que se esquecera do seu primeiro beijo? Do seu primeiro amor? Eu sei que não. Eu sei que você guarda essas lembranças com muito prezar. Eu sei que, às vezes, só às vezes, você quer que elas voltem a ser a sua realidade. Mas não… São apenas lembranças. Você se remói com elas? Ou chora? Se alegra? Não importa, o que importa é que você tem que ter a consciência que o seu passado foi bom (ou ruim) com você, mas você pode construir um futuro bem melhor que as suas lembranças.

Ana Luiza Pereira