A vida não se resume a quatro paredes...


Numa casa, a vida se resume a quatro paredes e vários cômodos aconchegantes. Seu melhor amigo é o travesseiro, e os amigos são seus familiares. Aqui não há inimigos. A vida é um “mar de rosas”, porém com suas tribulações. Sua idade define o quanto você é mimado e o quanto você ganha, o quanto pode mimar. Seus pais são educadores e você (com seus irmãos) serão eternos aprendizes.
Mas a vida não é assim...
Numa escola, a vida se resume a quatro paredes e a um quadro negro. Seus amigos você senta perto e os inimigos, você nem quer ouvir falar, senta até longe para não haver intrigas. Seu lugar define sua personalidade e notas, seu nível de “santidade”. Seus professores são seus chefes e/ou seus pais.
Mas a vida não é assim...
Numa empresa, a vida se resume a quatro paredes e a uma pequena mesa de escritório. Seus amigos te chamam para um cafezinho e os inimigos te aprontam todas, até te chamam para jantar. Seu departamento define sua inteligência, seu cargo define o quão pobre e rico além do tamanho de seu sorriso de falsidade. Seu chefe é “ditador” e seu desejo é o dinheiro e a ascensão.
Mas a vida não é exatamente assim...
Viver não se limita a quatro paredes. Viver se limita a um mundo, dentro dele há possibilidades, erros e acertos, tentativas, falhas, buscas, julgamentos, respostas e muitas perguntas. Viver é quebrar as barreiras das quatro paredes, é tirar a viseira da monotonia e enxergar todas as possibilidades, pesá-las e escolhê-las. Os “títulos” ganhos em casa, na escola ou no trabalho não farão jus a você se viveres quebrando as barreiras.
Vemos que a vida não é um verdadeiro céu ou inferno. Ela é apenas feita de momentos, altos e baixos, de escolhas e um pouco de destino.
Vemos que amigos vêm e vão, inimigos também. Percebemos o tempo passar quando vemos que já não temos nossos pais e nos transformamos neles.
Percebemos que o dinheiro e a ascensão não são nada quando se tem uma família, amigos e bons momentos para compartilhar.
Vemos o quanto a vida nos tornou fortes e como as coisas ruins não nos atingem mais. Viver é perceber, pensar, encarar, lutar, sonhar. Viver bem não é estar sozinho para perceber, pensar, encarar, lutar, sonhar...
Enfim, viver é viver. Ação realizada ao respirar. Mas lembre-se: viver também é construir fases de uma vida única e passageira.

Ana Luiza Pereira

2 comentários:

Trabalhos Artesanais disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Querida Ana Luiza, adorei este texto, muito significativo, inteligente e verdadeiro. Adoraria poder ver mais dos teus trabalhos, pois a exemplo deste, aposto quue os demais são muito bons, meus parabéns!!

Postar um comentário

Comenta, por favor!