Minha arte



A minha arte é diferente... Ela demonstra tudo o que quero dizer, mas nem sempre você a compreende.

Minha arte é anormal. Às vezes, ela compreende mais dos outros do que a mim.

Minha arte é espacial. Uso de figuras de outro mundo para tentar exprimir o que sinto.

Minha arte é para poucos... Ou seria para todos?

Minha arte é comum. Mas a forma como a faço a torna especial.

Minha arte é palpável. Mas também é sentimental.

Minha arte é falada, sentida, ouvida.

Minha arte é a minha vida.

Minha arte é a escrita. Nela está tudo o que penso, sinto, falo e ouço... É ela o amor, a dor, o viver, o conhecer, a angústia, a mágoa, a magia, a felicidade, a alegria, os sorrisos... É ela a minha vida inteira retratada num pedaço de papel. É somente ela a minha melhor forma de expressão de minha gaiola sentimental.

Ana Luiza Pereira

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta, por favor!