De cara lavada


Eu nunca entendi: por que as garotas de hoje vão à escola maquiadas? Por que elas são tão vaidosas, como as top models, e se escondem num cílio falso, pó, blush, batom...?
Eu vou de cara limpa, lavada, como eu acordo e acordei todos os dias de manhã. Não tenho tempo nem disposição para (acordar mais cedo apenas para) me maquiar.
Para quê? Para aparecer, chamar a atenção daquele garoto bonito sem um pingo de bom senso e que só sabe ver o rótulo sem se preocupar com o conteúdo? Dispenso, obrigada.
Prefiro estar de cara limpa, lavada, dada às tapas do dia-a-dia, ao cansaço do fim do dia, ao tédio das aulas chatas, as matérias maçantes, etc...
Prefiro ser eu de cara lavada, Não me escondo nas superficialidades da vaidade. Eu sou eu de cara limpa e não finjo ser outra ao me maquiar. E, sabe do que mais? Um homem só é homem se já amou uma mulher de cara limpa, lavada, cansada ou entediada com o cotidiano.
Sou feia? Não. Sou uma mulher de cara lavada, cansada e entediada. Vivo muito bem assim, obrigada.

Ana Luiza Pereira

1 comentários:

˚◦Nique ಌ disse...

Ótimo ponto de vista!

Postar um comentário

Comenta, por favor!