Oscilante




Oscilante vida. Oscilante dia. Oscilante ida.

Um dia, a epifania dos dias de uma mulher. No outro, suas memórias póstumas vem a se reerguer das cinzas e a puxar suas canelas para terra molhada da chuva torrencial da depressão.

Um dia claro, sem nuvens, iluminado pelo sorriso largo de batom. Outro dia escuro, como se as bolsas da insônia e a maquiagem borrada tampassem a luz das estrelas.

O que houve? O que aconteceu? Um dia o bem lhe faz pular, aos saltos de alegria dançar conforme a música; no outro, mal lhe fez cair, chorar rios e se isolar da sociedade que ri de seus apelidos e histórias.

Não! Ela não que isso... Oscilar entre o sorriso e o choro enquanto os outros falam de sua vida, espalham seus segredos e queimam suas fotos. Ela não quer se esconder em máscaras, se isolar em quartos fechados e não sentir o calor do sol e ver o brilho das estrelas.

Ela quer viver, com ou sem chacotas, com ou sem sol, com ou sem problemas, com ou sem lágrimas para derramar. Seja essas lágrimas de amor, alegria, tristeza, ou da simples depressão que eles lhe causaram.

Ela quer a alegria, a felicidade. Ou apenas uma parte dela para se contentar. E mostrar a eles, que ela não precisa de suas palavras para viver, nem dos seus julgamentos... Apenas vive a vida! Sem olhar para trás para vê-los rir de sua diferença pelas costas, mas rindo deles, sempre à frente, pela sua igualdade.

Ana Luiza Pereira



Baseada em fatos reais.

2 comentários:

₣غĽΐρغ Ήغηяΐ XD disse...

Diferente da maioria, não acho que mulheres sejam frágeis e indefesas, que sejam incapazes de lidar com a vida sem botar o coração na frente de tudo.

Não, as mulheres são fortes, encaram tudo de frente, não importando as dificuldades! Arrisco até dizer que tem muita mulher mais forte que muitos "hominhos" que se acham homens por aí...
Parabéns pelo post!

celi disse...

Se a vida fosse facil e as lagrimas não precisassem ser derramadas qual seria o motivo pra sorrirmos? O sorrisso que vem depois das lagrimas e aquele ombro amigo que nos ampara em momentos assim é o melhor da vida. Sem essas pequenas coisas a vida não seria tão maravilhosa. O importante é seguir em frente com ou sem lagrimas, mas sempre com um sorriso estampado no peito, mesmo quando ele não conseguir chegar aos labios.

Postar um comentário

Comenta, por favor!