The Hell Day [Parte 1]



            Dia de Ação de Graças. Dia de felicidade e reunião, seja ela com conhecidos ou familiares.
            Katy arrumava a casa enquanto Gerard degolava e depenava a ave na cozinha.
            Logo as visitas chegariam...
            Katy foi preparar o peru enquanto Gee foi ver o jogo de futebol na TV antiga.
            Campainha toca. Os convidados começam a chegar e a se acomodar.
            Cervejas e aperitivos.
Os homens vibravam com o jogo que passava na TV cheia de fantasmas enquanto as mulheres estavam na cozinha a fofocar.
Poucos casais estavam a namorar, poucos casais estavam a se beijar... E um casal estava a conversar.
Jhonny era diferente. Assustado, encolhido e afastado; ali estava ele. Seus olhos cinza procurando, no resquício de sua sanidade, “The Exit”. Stephy estava na tentativa incansável de acalmar o rapaz, como sempre. Gee já se acostumara com seu irmão esquizofrênico; seus excessos de raiva, seu pânico e seus raros momentos de sanidade.
- Vamos à mesa. Hora do banquete! – disse Katy levando o peru para ser servido.
Todos se reuniram em volta da mesa para o banquete.
Silêncio...
Todos os corações estavam calmos a rezar. Todos de olhos fechados...
Exceto por dois sentimentos que inundavam dois distintos corações presentes aquela mesa: medo & desejo de sangue.

Continua...

Ana Luiza Pereira


Inspirado na música "Mama" de My Chemical Romance e no filme "Dia dos namorados macabro".

2 comentários:

celi disse...

texto pequenino com gostinho de queru mais!!!!!! amey qru continue hein! bj

₣غĽΐρغ Ήغηяΐ XD disse...

Já pinto um clima de suspense e mistério, mto bom!
Aposto que o Jhonny é inocente! xD

Postar um comentário

Comenta, por favor!