Quilômetros


            Quilômetros nos separam. E daí? Eu te amo.
            Estou eu aqui, em minha janela, a escrever este texto em meu diário. Lá fora estar a chover as lágrimas de São Pedro, acredito eu; que seja por nossa causa.
            Você está em algum lugar a sorrir seu sorriso perfeito, brincar e rir com a cara de alguém ou algum professor.
Eu; quietinha e solitária. Você; sorridente e alegre.
Diferentes. Mas tais diferenças nos completam.
“Te amo! Te adoro! Você é meu tudo!” Disse eu te contemplando em minha imaginação.
Sorri.
O reflexo da janela refletia a minha felicidade: VOCÊ embaixo da chuva de felicidade de São Pedro a tacar pedrinhas na minha janela.
“Ele está aqui! Ele veio me buscar...”

Ana Luiza Pereira

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta, por favor!